MENU

Distrito Federal

Carro da Vacina amplia imunização de moradores do Sol Nascente

Amarildo Mota

Publicado

em

Manoel dos Reis não sabia quando conseguiria tomar a dose de reforço da vacina contra a covid-19. Durante a semana fica difícil achar tempo para ir a uma unidade de saúde, mas uma rápida saída de casa, neste sábado (12), acabou sendo a oportunidade de completar o ciclo vacinal. “Fui ao mercado fazer uma comprinha e encontrei o carro da vacina”, disse o pedreiro. Ele foi uma das 778 pessoas imunizadas hoje no Sol Nascente, com apoio do Carro da Vacina da Secretaria de Saúde.

A bordo do veículo, servidores trabalharam das 9h às 17h para emitir e atualizar cartões de vacina, e aplicar os imunizantes para primeira dose, segunda dose e dose de reforço. As equipes da Região Oeste de Saúde também convidavam moradores pelo sistema de som do Carro da Vacina, que percorreu ruas do Trecho 3 do Sol Nascente.

Moradores aproveitaram a presença do carro da vacina e se imunizaram contra a covid-19. Fotos: Agência Saúde

Além da iniciativa volante, neste sábado houve vacinação em seis lugares do Distrito Federal, para pessoas acima de 12 anos, e seis, para crianças de 5 a 11 anos. Em um desses locais, na UBS 2 de Ceilândia, a presença de mascotes chamou a atenção de quem foi ali buscar a imunização das crianças. Os personagens ajudaram a transformar o medo das agulhas em alegria. A satisfação também foi para os pais. “Foi bom porque na semana a gente trabalha. E aqui é perto de casa”, contou Alverino Fontes, 56 anos, que levou o filho Eduardo, 9 anos.

A superintendente da Região de Saúde Oeste, Lucilene Florêncio, ressaltou o trabalho para imunizar as crianças antes do início do período letivo, marcado para esta segunda-feira (14). “Só temos a agradecer o compromisso e o comprometimento dos trabalhadores dessa Região Gigante em tamanho e ávida em contribuir para aumentar a cobertura vacinal dos moradores”, ressaltou.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Agência Brasília* | Edição Isaac Marra

Fonte: Agência Brasilia

Continue lendo

Em alta