MENU

Distrito Federal

GDF vai solicitar suspensão de ação de despejo contra Ama

Amarildo Mota

Publicado

em

A procuradora-geral do Distrito Federal, Ludmila Galvão, deverá solicitar ao Judiciário a suspensão do processo que poderia resultar no despejo da Associação dos Amigos dos Autistas do Distrito Federal (Ama-DF). O anúncio foi feito logo após encontro realizado nesta quinta-feira (10) na Secretaria de Saúde com a presença de diretores da Ama-DF, de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Procuradoria-Geral. “Há uma convergência de interesse da Secretaria de Saúde e da Ama”, explicou a procuradora.

Da reunião participaram o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, e representantes da Ama-DF, da OAB e da Procuradoria-Geral do DF | Foto: Tony Winston/Agência Saúde-DF

A importância do cuidado com os autistas e a integração das ações entre o poder público e a sociedade civil foram ressaltadas pelo secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache. O gestor, contudo, ressaltou ser importante que as ações sejam realizadas com embasamento jurídico. “Temos a questão humanitária e a questão da gestão pública, e vamos cumprir a orientação do governador Ibaneis Rocha de não deixar a associação desamparada”, afirmou.

“Temos a questão humanitária e a questão da gestão pública, e vamos cumprir a orientação do governador Ibaneis Rocha de não deixar a associação desamparada”, afirmou o secretário de Saúde

Além do pedido da procuradoria para suspender de imediato o cumprimento da ordem de desocupação da sede, também será criado um grupo de trabalho para encontrar soluções. “Vamos construir um instrumento que seja harmônico e juridicamente perfeito”, detalhou o secretário de Saúde.

Os diretores da Ama-DF avaliaram o encontro como positivo. “Nós de fato recebemos o compromisso desta gestão, na pessoa do secretário, de que vai ser realizada uma solução”, disse Luciano Chaves, um dos diretores da associação. “Acreditamos que depois dessa reunião seja feita uma proposta para fechar novos convênios, inclusive com outras entidades que atendem autistas”, completou a presidente da Ama-DF, Gisele Montenegro.

O governador Ibaneis Rocha também enviou para o encontro os gestores da Secretaria de Atendimento à Comunidade e da Secretaria Extraordinária da Pessoa com Deficiência, Severino Oliveira e Flávio Santos, respectivamente. Ambas as pastas devem compor o grupo de trabalho a ser formado.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: Agência Brasilia

Continue lendo

Em alta