MENU

Esportes

Torcedores em Rosário fazem carreata pedindo volta de Messi ao Newell’s Old Boys

Amarildo Mota

Públicado

em

Centenas de torcedores do Newell’s Old Boys de Rosário, na Argentina, organizaram uma caravana de veículos colorida e barulhenta nesta quinta-feira, com o lema ‘Seu sonho, nossa esperança’, para o retorno de Lionel Messi ao clube onde jogou nas divisões infantis.

(Foto: Juan Mabromata/AFP)

A crise de Messi com o Barcelona incentivou os torcedores de ‘La Lepra’, como são conhecidos, a invadir as ruas da cidade natal do craque, empolgados, com suas bandeiras vermelha e preta, embora o clube esteja longe de conseguir o passe.

“É inevitável que todos no Newell mantenha o sonho de que Messi jogue aqui por alguns meses, e talvez isso aconteça, mas não devemos perder de vista o que ele representa, temos de ser realistas. É complicado”, declarou o artilheiro ‘ñulista’ Ignacio Scocco.

Os torcedores levavam bandeiras nos carros e faziam barulho com suas buzinas e até alguns tambores, mas sem caminhada para manter as medidas sanitárias devido à covid-19, que já causou quase 8.000 mortes, com mais de 370.000 casos no país. Messi sempre disse que adoraria voltar ao clube de Rosário onde começou no futebol ainda criança e do qual se declarou torcedor, embora o destino imediato do atacante pareça continuar sendo a Europa.

Os torcedores começaram a carreata do estádio El Coloso ‘Marcelo Bielsa’, no Parque Independência, e se dirigiram até o Monumento à Bandeira Argentina, local habitual de confraternizações populares, às margens do Rio Paraná.

Messi possui importantes investimentos imobiliários na cidade e na região, que fica 300 km ao norte de Buenos Aires.

O Newell’s poderia se beneficiar de uma eventual transferência de seu filho pródigo, em decorrência de uma cláusula que lhe dá um percentual de 0,66% da venda.

Messi deixou o clube aos 13 anos, apesar de a diretoria querer mantê-lo na época. Sua família emigrou para a Espanha porque o time catalão lhe garantiu tratamento médico para garantir o crescimento normal do adolescente Messi, entre outros cuidados.

Fonte: Gazeta Esportiva

Continue Reading

Em alta